top of page

Formulário de Prescrição do Setup Digital

Captura de tela 1.png

Coloque as queixas que motivaram seu paciente ao tratamento ortodôntico com alinhadores. É importante colocar na "Queixa principal" exatamente o que o seu paciente te solicitou.

Relate o Plano de Tratamento que você deseja realizar (não precisa descrever a maloclusão). Observe a maloclusão e explique o que você gostaria de resolver e como planeja atingir esse objetivo.  Pode ser acrescentado observações pontuais referente à maloclusão (informações complementares). 

Ex: Gostaria de corrigir mordida aberta do paciente com extrusão dos dentes anteriores.

Queixa principal do paciente
Plano de tratamento
Linha média

Condição existente atual
Linha média 

Captura de tela 7.png

Descreva como está a linha média dental do paciente comparada com a linha média facial:

  • Centralizada: Linha média dental está alinhada com a linha média facial

  • Deslocada para a direita: linha média dental está desviada para a direita do paciente

  • Deslocada para a esquerda: linha média dental está desviada para a esquerda do paciente

linha média.webp

O que é linha média facial?

A linha média facial é uma linha imaginária que passa verticalmente pelo centro da face, dividindo-a em duas metades. É determinada a partir da união dos seguintes pontos: ponto mediano entre as sobrancelhas e o centro do filtro do lábio superior.

relação de canino e molar

Condição existente atual
Relação de canino e molar

Captura de tela 2.0.png
Classes.webp

Classe I

Classe II

Classe III

linha média (correções planejadas)

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Linha média 

Captura de tela 5.png

Antes de solicitar o plano de tratamento verifique se as condições estão favoráveis para correção da linha média 

  • Assimetrias de Classe II ou III: A correção torna-se mais complexa nos casos que envolvem uma Classe II unilateral ou uma combinação de oclusões de caninos ou molares em Classe II e Classe III. As alternativas para essa correção incluem IPR assimétrico, elásticos interarco (Classe II de um lado, Classe III do outro) ou combinação das mecânicas.

  • Necessidade na Estética do Sorriso: A linha média superior tem maior impacto na estética do sorriso com grande percepção do paciente. Considere a complexidade do tratamento e a quantidade de desgastes necessário antes de planejar a correção combinada da linha média dental superior e inferior.

  • Desvio Mandibular: Nos casos onde o arco superior está atrésico, o paciente pode apresentar um desvio mandibular lateral. Na maioria das vezes esse desvio está relacionado com uma mordida cruzada posterior de um lado e com o desvio da linha média inferior. Nesse caso, a expansão do arco superior permitirá o correto posicionamento da mandíbula e a melhora correção da mordida cruzada posterior unilateral.

  • Discrepância Dental: Se a discrepância na linha média for causada por diferenças no tamanho dos dentes, as soluções possíveis incluem criar diastemas para restaurar dentes estreitos ou realizar IPR em dentes mais largos para ajustar sua largura proporcionalmente.

Se a discrepância na linha média estiver relacionada com ausência dental  e ou crescimento assimétrico caraniofacial, o prognóstico dessa correção torna-se desfavorável.

overjet

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Overjet

Captura de tela 6.png

Manter:

Não será solicitada a correção do overjet nesse plano de tratamento.

Ideal:

Se estiver relacionado com discrepancia antero-posterior será necessário utilização de mecanicas de classe II ou III com elasicos intermaxilares, além de expansão dos arcos e desgastes interproximais.

Melhorar:

Associar com expansões dos arcos e desgastes interproximais.

overbite

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Overbite

Captura de tela 7.png

Manter: não será corrigida -  Ideal: ver considerações abaixo - Melhorar: corrigir dentro das limitações

Opções para correção da sobremordida, descrever no campo "Instruções Adicionais":

  • Intrusão anterior: antes de solicitar a intrusão anterior, verificar a exposição dos dentes anteriores na linha do sorriso do paciente. Recomendamos sempre sobrecorrigir a intrusão em média 2mm.

  • Caso seja planejado intrusão anterior superior e inferior podemos utilizar como recurso adicional BITE RAMP (levante de oclusão) na lingual dos dentes anteriores superiores. O BITES RAMP não precisa ser confeccionado pelo profissional no dente do paciente, ele será produzido no próprio alinhador.​​

  • Intrusão anterior e extrusão posterior: os movimentos de extrusão posterior tem menor previsibilidade para correção da sobremordida.

forma de arco e expandir

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Forma do arco e expandir

Captura de tela 1.png

Manter: não será alterado -  Ideal: ver considerações abaixo - Melhorar: corrigir dentro das limitações

Opções para correção da forma do arco, descrever no campo "Instruções Adicionais":

  • A correção ideal da forma do arco está relacionada com a expansão posterior. Quanto maior a atresia melhor o potencial de expansão.

  • A expansão posterior está relacionada com aumento do perímetro do arco, diminuindo a quantidade de desgastes interproximais.

​​

  • Para melhor previsibilidade, nos casos de arcos atrésicos com mordida cruzada associar mecânicas de elásticos com botões. 

relação do canino e molar (correções planejadas)

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Relação do canino e molar

Captura de tela 5.png

Manter: não será alterado -  Ideal: ver considerações abaixo - Melhorar: corrigir dentro das limitações

Quando o profissional solicitar o posicionamento ideal, será necessário informar no campo de correção antero- posterior qual mecânica deseja empregar para essa correção.

desgaste interproximal

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Desgaste Interproximal

Captura de tela 7.png

Sim: pode desgastar -  Não: sem desgastes - Somente se necessário: de acordo com necessidade do caso

Quando precisamos desgastar:

  • Nos casos em que há discrepância do tamanho do dente, em que as proporções dos dentes superiores e inferiores não coincidem, os dentes mais largos vão precisar ser reduzidos com desgates.

  • Quando o profissional planeja retroinclinação (lingualização) dos dentes superiores ou inferiores e o caso não apresenta diastemas.

  • Importante: Como protocolo priorizamos o ganho de espaço através da recuperação transversal (expansão) e vestibularização. O desgaste por ser um procedimento irreverssível será sempre a última opção para ganhar espaço nos planejamentos. Quando necessário recomendamos que  o profissional sempre utilize tiras de lixa diamantada.

attachment

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Attachment

Captura de tela 8.png

Sim: com attachments -  Não: sem attachments- Somente se necessário: de acordo com necessidade do caso

Quando precisamos de attachments:

  • Para retenção dos alinhadores, ancoragem e como auxiliar nos movimentos mais difíceis.

  • Quando o profissional opta por um caso sem o uso de attachments temos uma limitação ou restrição na correção de alguns movimentos, como a extrusão e a rotação. Existe ainda a necessidade de mais alinhadores para planejar o tratamento. 

 

  • Nota: O profissional recebe o setup com todo o planejamento de attachments necessários para otimimizar os movimentos. Siga sempre o protocolo de instalação de attachments.

intermaxilares/dentais

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Intermaxilares/dentais

Captura de tela 9.png

Sim: para auxiliar movimentos -  Não: sem elásticos

Importante: Não selecione SIM para elásticos com finalidade de correção da discrepância antero-posterior. Utilize o campo de correção ântero-posteiror de Classe II e III.

Selecione "sim" para essa opção apenas quando planejar elásticos para:

  • Mordida aberta:  Antes de solicitar a extrusão dos dentes anteriores, verificar a exposição dos incisivos através da linha do sorriso do paciente.

  • Cruzado: Para mecânicas auxiliar no descruzamento de um ou mais dentes. ​

  • Binário: Para mecânicas auxiliar nos movimentos de rotação. 

correção ântero-posterior de classes II e III

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Correção Ântero-Posterior de Classes II e III

Captura de tela 10.png

Escolha essa opção caso não tenha correção antero-posterior no planejamento do tratamento

correção âtero-posterior de classe II (correções planejadas)

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Correção Ântero-Posterior de Classe II

Captura de tela 1_edited.jpg

Na condição de correção de Classe II, o(a) Doutor(a) irá selecionar "Corrigir" onde vai aparecer as seguintes etapas para serem selecionadas:

Captura de tela 1_edited.jpg
  • Escolha essa opção quando seu planejamento for para reposicionar a mandíbula corrigindo a relação ântero-posterior com o uso de elásticos de Classe II. (expansão dos maxilares + desinclinação dental + elásticos de Classe II). 

  •  Escolha essa opção quando seu planejamento for para Distalização Superior Estagiada (dente a dente) com auxílio de elásticos de Classe II.As alternativas para ambos os lados (direito e esquerdo) são as mesmas.

Captura de tela 1_edited_edited.png

A distalização dente a dente precisa respeitar o estagiamento dos movimentos no setup. Primeiro distalizamos molares, depois pré-molares e depois caninos. Ao final da distalização desses dentes fazemos a retração dos incisivos quando necessário (esse tipo de estagiamento eleva a quantidade de alinhadores).

  •  Escolha essa opção quando seu planejamento for realizar a Distalização Superior por segmento (3 ou mais dentes ao mesmo tempo) com auxílio de elásticos e ancoragem esqueletal ( elásticos + mini-implante). As alternativas para ambos os lados (direito e esquerdo) são as mesmas.

Captura de tela 3.webp

 A distalização por segmento com uso de mini-implantes para ancoragem diminui a quantidade de alinhadores no estagiamento. O planejamento de instalação e posicionamento do mini implante será definido pelo profissional na aprovação do setup.

Importante No caso de escolha pela distalização superior, verificar sempre a presença de terceiros molares seja ele erupcionado ou impactado. A presença desse elemento impede o movimento de distalização.

Captura de tela 4_edited.jpg

Escolha SIM nessa opção quando seu planejamento para correção de Classe II envolver a mesialização estagiada dos dentes inferiores (dente a dente) com mecânica de elásticos de classe II.  

Plano de Tratamento (descreva as correções planejadas)
Correção Ântero-Posterior de Classe III

correção ântero-posterior de classe III
Captura de tela 6.webp

Na condição de correção de Classe III, o(a) Doutor(a) irá selecionar "Corrigir" onde vai aparecer as seguintes etapas para serem selecionadas:

  • Escolha essa opção quando seu planejamento for para reposicionar a mandíbula corrigindo a relação ântero-posterior com o uso de elásticos de Classe III. (expansão dos maxilares + desinclinação dental + elásticos de Classe III). 

  •  Escolha essa opção quando seu planejamento for para distalização inferior estagiada (dente a dente) com auxílio de elásticos de Classe III.As alternativas para ambos os lados (direito e esquerdo) são as mesmas.

A distalização dente a dente precisa respeitar o estagiamento dos movimentos no setup. Primeiro distalizamos molares, depois pré-molares e depois caninos. Ao final da distalização desses dentes fazemos a retração dos incisivos quando necessário (esse tipo de estagiamento eleva a quantidade de alinhadores).

Captura de tela 7.webp
  •  Escolha essa opção quando seu planejamento for realizar a Distalização Inferior por segmento (3 ou mais dentes ao mesmo tempo) com auxílio de elásticos e ancoragem esqueletal ( elásticos + mini-implante). As alternativas para ambos os lados (direito e esquerdo) são as mesmas.

 A distalização por segmento com uso de mini-implantes para ancoragem diminui a quantidade de alinhadores no estagiamento. O planejamento de instalação e posicionamento do mini implante será definido pelo profissional na aprovação do setup.

Nota: No caso de escolha pela distalização inferior verificar sempre a presença de terceiros molares, seja ele erupcionado ou impactado. A presença desse elemento impede o movimento de distalização.

Captura de tela 8.webp

Escolha SIM nessa opção quando seu planejamento para correção de Classe III envolver a mesialização estagiada dos dentes superiores (dente a dente) com mecânica de elásticos de classe III.  

Preferências Clínicas 

preferências clínicas
Captura de tela 15.png

Marque essa opção nos casos onde deseja sobrecoreção de movimentos. Toda sobrecorreção aumenta a quantidade de alinhadores.

Preferências Clínicas

Captura de tela 9.webp

Como protocolo iniciamos os attachments no segundo alinhador. Caso deseje allterar selecione qual estágio seria ideal para seu planejamento

Captura de tela 17.png

Observações para fechamento de diastemas:

Fechamento de diastemas tem maior previsibilidade de sucesso nos casos onde os dentes estão vestibularizados ou com inclinaçâo para vestibular.

Nos casos de fechamento de diastemas com lingualização dos dentes superior anterior, verifique no seu planejamento se existe trespasse horizontal (overjet) suficiente para a retração. Caso não exista lembre-se que movimentos nos dentes inferiores anterior podem ser nesecessários.para obter o trespasse.

Antes de solicitar o fechamento do diastema verifique se existe discrepância de massa dental negativa. Nem sempre todo diastema pode ser fechado devido ao tamanho do dente, necessitando assim de complementação estética final  para correção do ponto de contato interproximail.

Espaços residuais por ausências dentais nem sempre podem ser fechados devido a quantidade de espaço, manutenção da correta intercuspidação, risco de cruzamento dental e manutenção da correta relação inter-arcos.

Captura de tela 17.png

Dentro das "instruções adicionais", descreva informações que não estavam presentes no formulário, e que podem contribuir na elaboração do Tratamento Digital (Setup Digital).

Captura de tela 10.webp

Caso o profissional solicite as contenções junto com o conjunto de alinhadores, qualquer alteração do tratamento resulta na perda dessas contenções.

Se o profissional solicitar as contenções ao final do tratamento, deverá realizar através de um novo formulário com opção de novo escaneamento.

Fotografias

fotografias
Captura de tela 1.png

As fotografias são de extrema importância para auxiliar no Planejamento Digital do caso clínico, não importando qual fase do tratamento o profissional esteja solicitando.

Recomendamos sempre que o profissinal envie as fotografias seguindo o nosso protocolo. 

Escaneamento intraoral (arquivo STL)

Captura de tela 2.png

Deve ser anexado o Escaneamento intraoral em arquivos .zip com no máximo 50M. Caso esteja com dificuldade em anexar o arquivo solicitar ajuda ao suporte INVISIBLEFAST.

escaneamento intraoral
bottom of page